sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Oitavo Período do Caramba!

Oi galera.
Tudo bem por aí?


Se você que estiver lendo isso e faz faculdade, estiver quase chegando lá como eu, sabe o quanto é dificil.
Meu Pai, como é dificil!

Eu ando tendo muita dificuldade em me concentrar, me manter na média, além de manter meu autocontrole, emoções, saúde e financeiro em dia. Tá dificil, minha gente. Sabe por que é tão dificil?
Existem vários, é claro, mas um dos motivos maiores, é que a gente já está cansado.
Não, uma noite de sono apenas não resolve. Estamos cansados.
A gente já está cansado de tentar ficar tanto tempo comprometido com a escola, sendo que ela não nos motiva.
Eu sei, eu sei. O comprometimento é nós que fazemos, mas eu acredito que quatro anos é muito tempo. E você tem que amar MUITO o que faz pra ficar tanto tempo cursando o mesmo curso, voltando aos mesmos temas, falando dos mesmos pensadores...
São muitas coisas que te 'acometem' interiormente, que te deixam querendo sumir daquele ambiente, e isso é muito ruim pra sua motivação brotar dos recôncavos de onde quer que se escondeu.


Outro grande motivo: Você tem uma vida lá fora da sala de aula.
Sim, uma vida. (ah... saudades daquele tempo que eu ficava horas jogando Mário) Que esquecemos quase por completo se queremos ser muito bons na faculdade, só que, quando estamos terminando, fica dificil ignorá-la. Ela está lá, te chamando, dizendo o número monstruoso de séries, filmes, momentos com família, amigos, sociedade, tecnologia, que estamos perdendo. Ou omitindo enquanto não podemos comparecer.
Isso é dificil, galera! Porque você se sente meio á margem da sociedade, meio no meio, meio por fora, sabe.

O pior, sabe o que é?

É que esse é um momento que você está se 'retirando' por um momento para se especializar.
É   E-X-T-R-E-M-A-M-E-N-T-E dificil. É sim. Quem disse que seria fácil, né?
A questão, é que eu tenho consciência disso: Das coisas boas que se ganha com isso e das coisas ruins. O importante é manter o foco na boa formação apesar dos pesares, e isso é o que me mantém de pé.
Praticamente a única coisa que ainda me deixa feliz são as amizades que eu fiz nesse meio tempo, a experiência que conquistei e todas as coisas boas que vem com a formação. Isso me faz prosseguir, e, se você decidir também fazer faculdade, saiba que você sentirá muita vontade de desistir, o tempo todo praticamente, mas continue, persista. No fim eu vou ver os resultados do que plantei, assim como você também verá.

Esperemos por isso, Senhor, esperemos!
Então é isso, galera. Fiquem na paz e até a próxima!

Beijo!

0 comentários:

Postar um comentário